quarta-feira, 6 de julho de 2011

Terra das maravilhas.

- Quem é você? Pergunta Absolem, a lagarta que tudo sabe no “país das maravilhas”.
- Quem é você? Eu sou Alice, mas sou a Alice errada.  

Eu sempre adorei muito a história da Alice, no país das maravilhas. Mas, por que sempre fico triste quando o filme acaba. Por quê? É que eu amo o mundo das maravilhas, ou o país da imaginação, ou a  Terra do Nunca. Adoro ser criança e, diferente de Alice, tenho medo de crescer. Sim, Peter pan, talvez você tenha procurado a Wendy errada. Talvez, se você tivesse na minha janela ouvindo as histórias que eu conto pra minha irmã mais nova…

Ah! Esse mundo mágico, em que coelhos usam terno e relógio de bolso, ratos são feiticeiros e crocodilos têm um despertador na barriga, tic TAC, tic TAC. Cuidado! O Capitão gancho chegou. CORRTEEM A CABEÇA DELA!! Ordena ele.
Vamos fugir voando, traga o pó mágico sininho.  Ixi, a Sininho ficou presa na tinta vermelha que usaram para pintar as rosas brancas.
Ai, que confusão.
Acho que estou ficando pirada, lelé da cuca,
Mas dizem que as melhores pessoas são assim, doidinhas. O Chapeleiro Maluco que o diga. Uma pessoa tão, tão, tão MALUCA, mas tão especial.
Mas, e agora? Eu preciso voltar para casa. Apesar de não querer. Apesar de preferir viver essa fantasia. AH! Lembrei…
É tudo um sonho…
Se eu me beliscar, vou acordar…
Ai, isso não é um sonho. O mundo da imaginação é a minha realidade.





2010
Postar um comentário