sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Princípe encantado

Tenho medo que tudo seja mais uma ilusão e que o amor que alimenta minha alma, acabe sem nenhuma explicação. E essa quimera que viemos cresce a cada dia. Só nós sabemos o que vivemos, ou eu sei. E por isso, tenho medo de te perder.
Perder tua fala, tua ação. Perder teu coração. Você não percebe, mas nos pertencemos mesmos sem nos conhecer. Somos alma-gêmea. Você é quem habita meus pensamentos. Só tu me completas. E eu preciso dos teus abraços, beijos e palavras de amor. Você habita meus sonhos, você e seu cavalo branco.

Postar um comentário