sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

O suicídio da carocha (parte 1)

Voe carocha.
Busque a felicidade perdida.

Siga a luz que te conduz
Para o começo do túnel
Início de uma nova vida.

Agora,
Ninguém mais te enfraquecerá
E não há mais certo ou errado
Não há mais verdade ou mentira
Não há mais riso ou choro
Não há mais nada
Tudo está perdido.

Exceto,
O caminho que te leva
Ao lugar desconhecido.

15/11/2007



Postar um comentário