segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Viver de sonhos, ninguém vive!

Sonhar em ser uma pessoa melhor, em ter um mundo melhor. Acredito que este seja o sonho de muitos de vocês, meus queridos leitores. Mas, meus sonhos além destes, vão além. Sonhar em acabar com a fome, miséria, diferença social, racismo etc. Sonho com um dia em que eu vou acordar e ver pessoas se abraçando e desejando coisas boas para as outras. Sonho com o dia que eu vou ver TV e não terá notícias sobre as crianças que morrem de fome, crianças que sofrem violência, crianças que estão na vida do crime e das drogas. Um dia eu vou acordar e as pessoas vão esquecer suas cores, seus tipos físicos e vão se amar.
Mas, eu também tenho meus sonhos pessoais. Que são difíceis se serem realizados, assim como muitos sonhos. Eu sonho em poder fazer o que eu gosto realmente, sem ter que contar no relógio o tempo que passo fazendo isso. Sonho com o dia que eu poderei voltar a ler um livro por dia. Sonho com o dia que eu vou parar de me achar um lixo e começar a me amar e poder amar vocês como vocês merecem (isso não quer dizer que eu não ame vocês). Sonho com o dia que eu poderei ler uma placa no meio da rua sem virar motivo de piada para quem está comigo. Eu queria voltar a estudar, sem sofrer certo tipo de bullying. Mas, agora, na verdade semana passada, eu recebi uma notícia que eu devo passar menos tempo com vocês, internautas, com meus livros, com minhas palavras-cruzadas. Tenho que ficar mais tempo longe do que eu realmente gosto. Ler, escrever, ficar na frente de um computador, infelizmente, está fazendo mal a minha saúde. Eu não quero que ninguém sinta pena de mim e nem que pensem que estou sendo dramática. Estou apenas falando dos meus sonhos. E o maior sonho que eu tenho, é poder enxergar bem. Sei que pode parecer egoísmo, mas tem tanta gente que não gosta de ler, que não gosta de escrever, que não gosta de estudar e tem uma visão perfeita, enquanto outros têm que contar o tempo de suas leituras. Por isso, que ás vezes eu me revolto. Deus dá asas pra quem não sabe voar. E olhos para quem não quer/não pode enxergar.
E, enquanto meu sonho não se realiza, vou ajudar meus amigos a realizarem os seus sonhos. Já que o meu, não depende só de mim.
Postar um comentário