sábado, 4 de fevereiro de 2012

Em um relacionamento sério.


Com o Twitter. 
Alguns de meus amigos, vivem dizendo que eu sou viciada nesta rede social chamada twitter. Dizem que fico 24h atualizando. Mas, gente, eu não sou tão viciada assim. Muitas das pessoas que aparecem na minha “timeline” são bem mais “viciadas” do que eu. Eu já fui daquelas que qualquer coisa, corria pro twitter. Hoje não, nossa relação amadureceu. Pra mim, o twitter serve como uma terapia. Eu escrevo o que sinto e parece que alguém vai me ouvir. O twitter é meu psicólogo. Além do mais, já conheci muita gente legal através das retweets, tweets etc. Também gosto porque, às vezes quero contar algo que aconteceu. Se fosse escrever para o blog, por exemplo, o texto seria beeeeeeeeeem grande. Mas, para tweetar é preciso selecionar as palavras para que elas façam sentido. E é isso que eu faço na minha profissão. Redação publicitária tem que ser simples e direta. Então, o twitter é como se fosse o “dever de casa”. E olha que eu ainda preciso aprender muito.
A única rede social que eu não enjoei é esta da qual estou falando. Não tem como eu não gostar de tweetar, retweetar etc.  Lá no twitter, acho de tudo um pouco: resumo de novela, noticiário, placar do jogo, piada, poesia etc. Só falta ter um botão que ao ser clicado, faça aparecer uma coca-cola gelada aqui do meu lado. Mas, isso é muita imaginação e piração da minha cabeça. 
Postar um comentário