quinta-feira, 28 de junho de 2012

Quisera eu...

Quisera eu 
Ser folha 
Verde
De árvores, de grama
Vir e voltar
Bamboar ao compasso do vento
Calar - me com os pingos de chuva.
Adormecer com a lágrima do sereno.
Quisera eu
Ser folha.
Cair quando o outono chegar.
Voar de lá pra cá.
Seguir o ritmo da brisa lá fora.
Esta que antagonicamente
Gela meu coração
Aqui dentro dessa prisão.


7/7/2008
Postar um comentário