terça-feira, 2 de abril de 2013

Juízes


Sou de família católica, sou batizada, fiz primeira eucaristia, crisma, vou à missa etc. Acima de tudo, sou cristã. Acredito em Jesus Cristo e em Deus.
Muitos podem se revoltar com o que eu vou falar. O fato é que estou cansada de pessoas com verdades certas, certezas absolutas, sempre “julgando” outras pessoas.
As pessoas precisam entender que opção sexual, cor da pele, tipo físico, classe social, time de futebol etc., não definem CARÁTER.
Falam que ser gay é coisa do diabo. Negros são do diabo. Ricos são do diabo. Todo mundo é do diabo. Se bem que muitos de vocês têm uma visão tão distorcida de Deus que, às vezes, eu não sei se vocês falam de Deus ou do Capeta. 

Deus é bom. Deus perdoa. Deus entende. Deus é misericordioso. Ele nos deu o livre arbítrio para que possamos escolher nossos caminhos.  Cada ação tem uma reação. Cada plantio tem uma colheita. Não vou colher maçã se eu plantar cactos.
Muitos de vocês pensam que “estão no caminho do céu”, mas não estão. Julgam, são egoístas, gananciosos, mesquinhos e “donos da verdade”.
Por exemplo, para muitos de vocês é melhor ser ladrão, estuprador, drogado etc. do que ser homossexual, mulher, negro, gordo, pobre.
Tenho muitos amigos gays, negros, gordos, magros, machos, fêmeas, ricos, pobres. Não estou dizendo que todos os meus amigos são certos. (a maioria é bem maluquinha). Mas, assim como existe o pastor ladrão, o padre pedófilo, a mãe de santo farsante, existe os homossexuais que tiram crianças das ruas e dão uma vida dignas a elas. Existem os negros presidentes de países do primeiro mundo. Existem os pobres e os ricos solidários.
Se todos nós somos feitos à imagem e semelhança de Deus, somos todos iguais.
Então, antes de julgar alguém, se olhe no espelho. Procure olhar profundamente e faça uma reflexão sobre a sua vida. Será que você é melhor do que os “réus” que estão sendo julgados por você?
Postar um comentário